QUER
ESTUDAR
COMIGO?
MARQUE
SUA AULA
EXPERIMENTAL
Buscar
  • Adalberto Brajatschek

Dicas valiosas para uma prática saudável

Para você que quer estudar de uma maneira mais eficiente e com menos esforço!



Mesmo trabalhando em condições adequadas tudo sofre um desgaste natural. O tipo de atividade que um instrumentista está exposto exige bastante esforço físico, mental e emocional. É importante termos consciência desses aspectos para podermos #estudar e #tocarbateria de uma maneira saudável.


A qualidade do tempo estudado é sempre superior à sua quantidade!

Transcrever músicas, participar de ensaios e estar atento a todos os detalhes para que tudo ocorra perfeitamente bem nos shows, consome bastante energia mental. A quantidade de material para estudar, a pressão do mercado e da “concorrência” e a própria situação de palco resultam em um belo desgaste emocional. Sem contar com o “peso” do nosso instrumento, o “monta/desmonta”, as noites mal dormidas, e por aí vai.


Até que ponto isso é importante para você?


A ideia aqui é dar um alerta para a importância de conhecermos os elementos que nos auxiliam no nosso desenvolvimento e fixarmos uma rotina de estudos que envolva disciplina de horários, atividades extras que sirvam de “higiene mental” e também para refletirmos sobre um tema tão destacado hoje – a competitividade.


Podemos seguir em frente? Então vamos lá:


O POSICIONAMENTO DAS PEÇAS DA BATERIA

O posicionamento das peças da bateria deve ser ajustado de uma maneira que fique confortável para você tocar. A altura e ângulo devem estar de acordo com sua estrutura física, possibilitando que você tenha o melhor rendimento com o menor esforço possível.

Dica: Nunca monte a bateria pensando no “visual” e sacrificando o seu desempenho.


O BANQUINHO

O banquinho é uma das peças mais importantes da bateria! Não economize na hora de escolher o seu. O banco vai ditar a sua postura e equilíbrio diante da #batera. Faça um teste com várias alturas de banquinho e analise a movimentação dos seus músculos, seu equilíbrio e a sua resistência em cada uma delas.

Dica: Nunca use cadeiras!


SUA POSTURA

Manter uma boa postura vai fazer com que você fique relaxado e trabalhe de uma maneira mais equilibrada, evitando sobrecarregar apenas um lado do corpo. Bateria é um instrumento que exige #destreza e sensibilidade dos quatro membros, portanto temos que ter um ponto de equilíbrio.

Dica: Este ponto é definido pela postura.


OS MOVIMENTOS REPETITIVOS

A execução perfeita de um instrumento é resultado de muito estudo e muita repetição de movimentos. É importante que, desde o início, nos acostumemos a observar a reação do nosso corpo aos movimentos que são propostos. Desta maneira poderemos escolher o melhor caminho para chegar aos nossos objetivos. Ao sentir dor ou desconforto, pare imediatamente!

Dica: Conheça seus limites e trabalhe dentro deles!


Nunca monte a bateria pensando no “visual” e sacrificando o seu desempenho.

AQUECIMENTO E ALONGAMENTO

Muitas pesquisas foram feitas e já foi provado que tocar bateria por algumas horas requer uma condição física comparada a de muitos atletas. Por isso, nada mais justo do que fazermos um #alongamento e #aquecimento antes de estudar ou tocar. Para aquecer, você pode escolher alguns exercícios para as mãos e pés.

Dica: Sempre comece lento e sinta o fluxo sanguíneo entrar em ação.


A PROTEÇÃO DOS SEUS OUVIDOS

Use sempre protetor auricular quando estiver exposto a um volume sonoro muito intenso na hora de #praticarbateria e, sempre que possível, na situação de palco. É muito comum os músicos que trabalham com “click” em shows, exagerarem no volume por medo de "perder o time".

Dica: Lembre-se de que a perda de audição é um processo irreversível!


A HORA DO RECREIO

Alterne suas seções de estudo com alguns minutos para “esfriar a cabeça” ou dar uma simples espreguiçada. Se houver fadiga física ou mental você não conseguirá se concentrar na atividade que está executando.

Dica: A qualidade do tempo estudado é sempre superior à sua quantidade!


Conclusão

O estudo sem critérios pode ser muito mais que perda de tempo. Pode ser perda de saúde! Não hesite em parar para analisar como você está estudando ou se comportando nos shows. De maneira simples, com seu próprio celular você pode gravar sua performance e analisar. E o mais importante! Não tenha medo de mudar o que for necessário!


A dica geral é experimentar, sempre!


Contato

Não deixe de comentar este texto e enviar suas sugestões e experiências.

Me siga nas redes sociais: Instagram | Youtube | Facebook



28 visualizações
Magoo Batera

Há mais de 20 anos informando e unindo os Bateras de todo o Brasil!

Parceiros:
logo.png
Fique por dentro das novidades!

© 2020 - Adalberto Brajatschek - Magoo